O Judô, ao contrário do que muitos pensam, confere às crianças agitadas e com alguma agressividade uma disciplina serena. O aprendizado dos movimentos seguros no cair, para não se machucarem, é a primeira etapa desta atividade. Os novos golpes e os rituais que precedem a sua prática fazem com que as crianças aprendam a respeitar o momento certo de usa-los. Os torneios internos são muito esperados, pois os pais participam das trocas de faixa e entrega de medalhas.

As aulas de Judô podem ser freqüentadas a partir de quando não se usam mais fraldas (Maternal I).